13 December 2012 ~ 0 Comments

Kindle físico e um Conto de Duas Amazons

kindle-brasilCom o lançamento da Amazon Brasil fica a pulga atrás da orelha de quem quer comprar ebooks brasileira mas também na americana. A Amazon, sem dúvida obrigada por seus advogados, só permite que sua conta do Kindle esteja atrelada a um país. Li artigos indicando que a mudança poderia ser continua, ou seja, você pode ficar passeando de uma para outra, mas fiquei com a pulga Gorn atrás da orelha vulcana. Ainda mais quando você tem um leitor de ebooks Kindle físico, pois depois que você coloca a conta nele seu login fica transparente.

Embarquei nessa aventura.

Minha conta Kindle estando atrelada na Amazon.com, fui fazer o procedimento. Ele tem que ser feito na loja possuidora da conta. Você vai lá no seu “manage your kindle” e troca o país. A coisa é esquista, fica com aqueles ares de definitiva. Você tem que até escolher um endereço brasileiro (os advogados sorriem). Bom fui lá troquei. Você é avisado de quem não tudo fica portado mas parece que o problema maior seriam assinaturas de revistas e streams digitais de vídeo e seriados, que não funcionam para nós. Aí, tudo bem, vai lá, OK!

Depois de mudar a conta, voltei a Kindle reader. É muito esquisito pois o Kindle te pede seu CPF (WTF!?!?!, arrepios… os advogados vibram). Bom, fui lá e forneci. Apareceu a loja bonitinha em português e a biblioteca de livros parece que ficou intocada. Comprei meu Camoes-zinho gratuito e até aí tudo bem.

Para voltar para a loja USA você tem que entrar na brasileira e ir lá e gerenciar seu Kindle. O bizarro é que novamente você tem que escolher um endereço americano. Se não tiver, melhor cadastrar um fake antes. Pronto, escolhido, virei americano de novo, salve o Obama, black fridays forever. Voltando ao Kindle, respiro aliviado ao ver que volta a entrar na lojinha americana.

Para usar a troca de Amazons, só encontrei como fazer pelo site, ao menos para o Kindle físico. Náo sei se o Kindle de tablets permite por ele mas aposto que não.

No caso do Kindle leitor de books, vulgo e-reader, ou e-paper, whatever, usar uma conta separada para cada Amazon fica complicado, pois o dispositivo fica registrado na conta. Nao arrisquei fazer esse teste.

É isso aí, tudo meio estranho e chato mas funciona. Mais um presentinho de praticidade dado pelo advogados de direitos autorais de plantão (pior que esses, só os das patentes)! You almost killed my Kindle, you bastards!!!

%d bloggers like this: