Capcom retorna ao auge dos fliperamas com Dungeons & Dragons: Chronicles of Mystara

e9529758c78340509da5d9c01c0265e4

No ano de 1993 o mundo do fliperama foi agraciado com uma das mais bacanas e fiéis adaptações de Dungeons & Dragons, o jogo Tower of Doom. 

A Capcom no seu auge fez esse jogo CPSII  num estilo bem conhecido para ela, uma jogabilidade side scrolling beat’em up no estilo Cadillacs and Dinosaurs mas
adaptando as magias, armas, monstros e situações do universo D&D.flyer_ddtod
Como era de praxe, a máquina podia aceitar até quatro jogadores em jogo cooperativo, embora em Belo Horizonte só tenha chegado a máquina com 2 jogadores.

Agora a Capcom relança esse clássico, e sua continuação  Shadow over Mystara no mundo digital, para consoles e PC. E mantendo o jogo cooperativo, isso vai ser divertido! Em junho teremos muitos lightning bolts, ice storms, sticks to snakes e magic missiles!

[via @planetoidex]

The Witcher 2 evoluindo os RPGs

Se o primeiro The Witcher foi muito bom, um RPG adulto e dark vindo de uma obscura desenvolvedora polonesa (saiba mais aqui!), o segundo promete balançar o equilibrio dos RPGs. Se Dragon Age decepcionou nos gráficos, The Witcher 2: Assassins of Kings promete gráficos sensacionais e uma não linearidade abusrda na história, dando amplo poder de escolha aos jogadores. E esse poder de escolha se refletirá nas alianças futuras, inimigos e viradas na história. Confirma o sensacional teaser abaixo, ou vejam direto no Youtube em HD 720p.

E agora Planescape: Torment!

O GoG.com continua com novos grandes lançamentos, agora o fabuloso Planescape: Torment. Baseado  no mundo de AD&D Planescape, que trata de vários planos de existência que convivem simultaneamente. Os dialogos e enredo desse RPG estão entre os mais interessantes já feitos, de maneira muito criativa e dark, mas sem faltar um toque de humor. Um jogo apaixonante! Você acorda morto (isso mesmo) e ao longo da história vai desvendar todo o seu obscuro passado. Uma mecânica criativa é que o personagem é imortal, então em caso de “morte” você tem atraso e desvantagens nas quests e não é obrigado a carregar um save game (embora muitas vezes seja mais interessante).

E ainda você pode interagir com a caveira falante, Morte,  um personagem fenomenal (deve ser irmão do Murray)!


Baldur's Gate is back!!!

Uma das melhores sagas de computer RPG de todos os tempos, Baldur’s Gate (BG) volta a ser vendido, agora online. E sem DRM, pelo Gog.com, que felizmente não fechou depois do infeliz primeiro de abril atrasado, uma boba jogada de marketing.

Que elenco!

BG tem o charme de ser baseado no AD&D segunda edição, tendo a sua disposição todo o fantástico lore de Dungeons & Dragons. Tem personagens memoráveis como Minsc (Go for the eyes, Boo!!!), Jaheira e muitos outros , sem contar uma jogabilidade excelente. Mesmo um Dragon Age esta longe do charme dessa saga clássica.

Agora é esperar que toda saga fique a venda, com BG2 e o quase BG3, Throne of Bhaal. E eventualmente teremos os tradicionais packs promocionais.

PS: E Guilherme, esse negócio de Wasner, Son of Bhaal foi sonho seu! O SON OF BHAAL É OUTRO! 🙂

PS2: Nada como relembrar algumas grandes frases do Minsc!!!

My anger is under complete control ! COMPLETE ! I’ll control it as I rip limb from limb, I WILL control it as I pound head after head !

Ah, we are all heroes: You and Boo and I… Hamsters and rangers everywhere REJOICE!!!

No effect?! I need a bigger sword!

Every hamster has his day!

Evil, meet my sword! SWORD, MEET EVIL!!

Butt kicking for goodness!